Lei Escoteira

Quando Baden-Powell idealizou a Lei Escoteira, ele decidiu não estabelecer leis proibitivas, mas criar conceitos para formação de pessoas bondosas e de caráter, para que, desta forma, o jovem escoteiro tivesse onde se espelhar e pudesse se orientar.

A Lei Escoteira tem dez artigos que abordam conceitos como honra, integridade, lealdade, presteza, amizade, cortesia, respeito e proteção da natureza, responsabilidade, disciplina, coragem, ânimo, bom-senso, respeito pela propriedade e autoconfiança.

  1. O escoteiro tem uma só palavra; sua honra vale mais do que a própria vida
  2. O escoteiro é leal
  3. O escoteiro está sempre alerta para ajudar o próximo e pratica diariamente uma boa ação
  4. O escoteiro é amigo de todos e irmão dos demais escoteiros
  5. O escoteiro é cortês
  6. O escoteiro é bom para os animais e as plantas
  7. O escoteiro é obediente e disciplinado
  8. O escoteiro é alegre e sorri nas dificuldades
  9. O escoteiro é econômico e respeita o bem alheio
  10. O escoteiro é limpo de corpo e alma

Promessa Escoteira

A Promessa Escoteira é o alicerce do Movimento Escoteiro, em que se sintetiza o embasamento moral o Escotismo. Nesse momento, os membros se comprometem voluntariamente a viver de acordo com a orientação da Promessa.

“Prometo pela minha honra fazer o melhor possível para: Cumprir meus deveres para com Deus e a minha Pátria, ajudar o próximo em toda e qualquer ocasião e obedecer à Lei Escoteira.”


Promessa do Lobinho

“Prometo pela minha fazer o melhor possível para: Cumprir meus deveres para com Deus e a minha Pátria: Obedecer a Lei do Lobinho e fazer todos os dias uma Boa Ação.”